Category Archives: Soltrópico

A Explorar a Rota dos Sabores: Turquia

Turquia, Índia e Vietname: As cores e os cheiros. A essência da gastronomia de três destinos de sonho. O que estimula o paladar, provoca emoções, desperta os sentidos… A intensa conquista do palato dominada por culturas tão distintas, ora envolvidas em frutos secos ora nos sabores intensos das especiarias, ora na cozinha perfumada. Um menu equilibrado, com requinte q.b. e uma pitada de aventura. Tudo a postos para conhecer novos mundos?

Ainda a propósito da 8º edição da revista Soltrópico, onde pode encontrar uma deliciosa proposta para viajar entre sabores, arquitetura e beleza natural do Oriente, deixamos aqui várias sugestões para uma viagem inesquecível.

Se este Verão procura dar um saltinho fora da Europa, mas ainda não conseguiu decidir o destino perfeito, aproveite as propostas do artigo “A explorar a rota dos sabores”, que inclui três deslumbrantes países.

Para começarmos mais próximo de casa, hoje damos-lhe a conhecer algumas curiosidades da Turquia, país com um pé na Europa e outro na Ásia e, como tal, muito rico culturalmente.

Dos outros tempos, persiste a memória de um país que foi um importante centro de rotas comerciais entre os dois lados do mundo. E, em simultâneo, ou talvez por isso, o ponto de encontro de culturas que extravasam para uma gastronomia secular, temperada de uma fusão de sabores provenientes do oriente, do mediterrâneo e do ocidente.

Turquia

Um misto de aromas de especiarias, como a noz-moscada, o cominho, a hortelã, o tomilho, o manjericão, o açafrão, as pimentas… Pistachios, amêndoas, nozes, avelãs, damascos… Ingredientes secretos que encontra no Mercado de Especiarias, em Istambul. Falamos do principal pólo cultural, comercial, industrial e universitário da Turquia, na qual há zonas históricas declaradas, desde 1985, como Património da Humanidade pela UNESCO. (…) 

 

Incursão pelo Mar de Marmara

Para quem anseia por umas férias estivais entregues ao descanso, fica a sugestão de uma viagem de cruzeiro nos tradicionais barcos de madeira, os gulet, cujo embarque é feito em Bodrum, uma das estâncias balneares mais cobiçadas da Turquia. Este é o ponto de partida para a “Blue Voyage”, a proposta da Soltrópico, rumo a uma paisagem emoldurada por enseadas e baías que decoram a costa banhada pelas águas tranquilas do Mar de Marmara.

A Ilha de Orak, conhecida pela sua fauna marinha e pelas suas águas cristalinas, é o destino que se segue neste percurso marítimo, que convida ao mergulho e ao repouso total. Yedi Adalar, conhecida como a baía das “sete ilhas”, é o destino eleito para mergulhar nos recifes de corais de sonho, fazer caminhadas e descansar. À noite, o jantar é agraciado pelos deleitosos sabores da gastronomia turca, sem esquecer a doçaria tradicional do país. (…)

Consulte o  artigo completo aqui. Se ficou rendido, espreite o site da Soltrópico, existem opções desde 878€!

Anúncios

De férias com… Mónica Lice!

A 8ª edição da revista Soltrópico foi lançada em Junho, mantendo-se até Outubro, e destaca os melhores destinos para fugir à rotina e descansar durante esta estação. Croácia, Riviera de Antalya, Saïdia, Porto Santo e Cabo Verde são alguns dos destinos propostos pela Soltrópico para umas férias de relax total.  Se ainda não planeou as suas férias de Verão, inspire-se nestas sugestões e, já agora, espreite a entrevista de Mónica Lice, do Mini-Saia, onde a blogger fala de viagens, férias e memórias…

É de África que Mónica Lice, a conhecida consultora de imagem, stylist e blogger do Mini Saia, guarda “recordações profundas”. Memórias dos cinco anos que passou 
na Guiné-Bissau, época em que lançou 
o referido blogue dedicado a conselhos de moda e de beleza. Mas foi o Senegal um dos “destinos de férias preferidos”.

 Soltrópico – Qual o destino que mais a fascinou até hoje?

Mónica Lice – Gosto muito de África. Vivi por lá cerca de cinco anos, na Guiné-Bissau, e viajava muito naquela região. Um dos meus destinos de férias preferido, na altura, era o Senegal. Trata-se de um país que oferece ótimas praias, uma vida cultural na cidade muito interessante; a ilha de Goré (que era a porta de saída dos escravos rumo à América), entre outras coisas fascinantes.

Soltrópico – Que monumentos ou locais emblemáticos aconselha vivamente 
a visitar?

M. L. – No Senegal, aconselho dois destinos: a ilha de Goré e o Lago Rosa. A ilha é património mundial da UNESCO; é habitada e está totalmente preservada, com casas coloridas, de estilo senhorial. Carrega ainda a forte memória do passado. A “casa dos escravos” é um desses exemplos que me marcou, até hoje. Quanto ao Lago Rosa, tem este nome por causa do sal, que dá cor às suas águas, vale a pena visitá-lo, se for a Dakar.

Soltrópico – Fale-nos das recordações que trouxe na bagagem, na máquina fotográfica, na memória…

M. L. – África marca e é impossível vir de lá sem recordações profundas, não tanto na mala, mas sim na memória. Acima de tudo, por lá percebe-se que a vida é bonita e deve ser vivida sem complicações. Que é possível ser-se feliz com pouco, que a família é vital ao nosso desenvolvimento.

Soltrópico – O que não dispensa em levar numa viagem?

M. L. – Gosto de levar a máquina fotográfica, um guia ou indicações sobre o local, roupa confortável e apropriada ao destino, protetor solar e óculos de sol. E, por razões laborais, nos últimos anos, o computador costuma acompanhar-me.

Soltrópico – Tem por hábito fazer um roteiro sobre o que pretende conhecer ou prefere andar ao sabor do vento?

M. L. – Depende muito das circunstâncias. Se for sozinha ou num grupo pequeno, gosto de ir traçando um roteiro, mas diário, na véspera. Nada muito planeado porque, por vezes, temos de mudar os planos à última hora. Se for num grupo maior, sigo o roteiro traçado pelo guia, por exemplo.

Soltrópico – Já experimentou a sensação de querer permanecer num país ou numa cidade por onde passeou? Qual?

M. L. – Sim, algumas vezes. Estive há poucas semanas em Copenhaga e fiquei com vontade de ficar por lá mais tempo, conhecer melhor a cidade e o resto do país. Em Nova Iorque também me aconteceu o mesmo. Fiquei com vontade de viver por lá uma temporada da minha vida, pois acho que seria muito enriquecedor a vários níveis.

Se gostou da sugestão de Mónica Lice e quer passar umas férias no Senegal, aproveite o programa Soltrópico

Senegal – Dakar (5 dias / 4 noites) – Válido entre 01/06 e 31/10/2012

  • Al Baraka ** – Duplo: desde 740,00€ em regime APA
  • Farid *** – Duplo: desde 828,00€ em regime APA
  • La Madrague ***  – Duplo: desde 841,00€ em regime APA
  • Pullman Terranga *** – Duplo: desde 895,00€ em regime APA

*Taxas de aeroporto, segurança e combustível 288,00€, com partida de Lisboa.