Category Archives: Manuel Forjaz

A Mala de… Manuel Forjaz!

Quem é Manuel Forjaz? Essa é talvez uma pergunta de difícil resposta. Manuel Forjaz é um bom pai, um razoável marido, amigo fiel e sempre presente, um professor motivador para alguns, um viajante relaxado,… Sobre ele, poder-se-ia dizer, por exemplo, que deu (e continua a dar) centenas de conferências, encontros, seminários e cadeiras em pós-graduações e licenciaturas, particularmente na área da inovação, gestão e do empreendedorismo, que trabalhou seis anos em Marketing e Vendas na Unilever, que foi Diretor Geral da Bertrand, Administrador da Mediapress, que ajudou a fundar e desenvolver muitas das iniciativas que mais contribuíram para o fomento do empreendedorismo em Portugal, nomeadamente na ANJE, que publicou o livro “A Bela, Belmiro e Empreendedores”, que atualmente gere a Ideiateca Consultores e que é host do TEDxO´Porto. Mas isso seria pouco. Manuel Forjaz é muito mais… Manuel Forjaz gosta de motivar as pessoas a usarem o cérebro e a encontrarem o seu caminho. É apaixonado por xadrez, cozinha, vinhos e jornais e adora visitar países onde se comem beringelas. Principalmente, Manuel Forjaz é apaixonado pela vida.

 Samsonite – O que é que se pode encontrar na mala de viagem de Manuel Forjaz?

Manuel Forjaz – Três boxers pretos, três t-shirts pretas, três t-shirts brancas, três long sleeves pretas, dois polos Banana Republic usados, velhos e uma Lacoste de manga comprida velha. Pasta e escova dentes e um Deo Roll-On sem cheiro.

Samsonite – Viaja muito?

M. F. – Demais.

Samsonite – Qual a primeira viagem marcante de que tem memória?

M. F. – Foi em 1970, de Boing 747, em primeira classe, de Lourenço Marques para Lisboa. Em 2001 à Coreia do Norte – pelas razões que todos conhecem, num ano em que o total de estrageiros que entrou no país foi inferior a 500 e incluía ONGs.

Samsonite – Faz alguma ideia de quantos países diferentes já visitou?

M. F. – Faço: oitenta e sete! Até Fevereiro do próximo ano, conto visitar mais dezanove.

Samsonite – Gosta de viajar em família, com amigos, sozinho,…

M. F. – Com família, África e mar; Com o Peter, países merdosos onde há beringelas. Sozinho, de carro ou mota.

Samsonite – Onde tirou esta fotografia e que histórias é que tem para nos contar sobre ela?

M. F. – Em Bacu, capital do Azerbaijão! Interessante é a farda de viagem: Lacoste de manga comprida, calças de bolsos e as botas de camurça que estiveram em mais de 60 países e ainda as guardo. Em Bacu estivemos quase a comprar uma plataforma desativada, baratíssima, mas depois não sabia o que fazer com ela…. E comi das melhores beringelas azuis da minha vida, obviamente depois de uma noite na ópera!

Samsonite – Tem alguma viagem de sonho que esteja próxima de se concretizar?

M. F. – Pitcairn, Taiti, Ilha da Páscoa e Santiago. Entre 21 de Junho e 4 de Julho, 17 países nos Balcãs, de carro com os filhotes.

Samsonite – Vem sempre com a mala cheia de recordações?

M. F. – Zero. Não cabem na minha mala. Nunca compro recordações, detesto recordações. Só gosto de memórias e poucas fotos.

Samsonite – Tem alguma ligação especial com a sua mala de viagem ou não lhe liga nenhuma?

M. F. – Não tenho qualquer ligação, no entanto gostava de desenhar a mala perfeita… Uma vez, dei a volta ao mundo durante semanas com filhotes e uma mochila de 25x20x15…

Samsonite – Já teve alguma peripécia engraçada com uma mala de viagem?

M. F. – Já comecei uma viagem sem mala e tive que comprar uma logo no segundo aeroporto. Noutra viagem, tive que a trocar a minha mala por uma pior, mas com direito a uma refeição.

Samsonite – E se pudesse espreitar a mala de alguém?…

M. F. – Gostava de espreitar a de António Horta Osório, para verificar a ordem e rigor de uma cabeça muito organizada.