Category Archives: Dicas e Sugestões

Como fazer uma mala no inverno

No inverno as roupas são sempre mais volumosas e pesadas e, por isso, a seleção das peças a levar na mala deve ser ainda mais cuidadosa. Se invariavelmente dá consigo a desejar uma mala maior, para levar mais um casaco, umas botas ou um gorro, espreite aqui estas dicas.

Comece por pensar no número de dias que terá a viagem e quantos looks prevê utilizar, como deve fazer em qualquer viagem. Planear as atividades que pretende fazer, também pode ajudar no momento da escolha. Faça uma primeira seleção e coloque sobre a cama, depois tente eliminar algumas peças que verifique não serem necessárias.

bu23

 

No momento de fazer a escolha final tenha em consideração os seguintes aspetos:

– Construa looks “cebola”, ou seja, com várias camadas, para que esteja sempre vestida de acordo com a temperatura – que tem grandes variações entre a rua e o interior dos edifícios;

– As camisolas ou casacos mais grossos podem ser utilizados mais do que uma vez, com conjugações diferentes;

– Escolha um sobretudo escuro, será mais fácil combinar com todos os looks que escolher e não ficará sujo tão facilmente;

– Espreite a previsão do tempo, se houver previsão de chuva leve um trench coat;

– Tente optar por calças versáteis, que tanto podem ser utilizadas com botas de cano alto ou com sapatos de salto alto;

– 2 ou 3 pares de sapatos são suficientes – umas b

otas quentes e impermeáveis, um par de ténis, e uns sapatos mais elegantes, caso precise deles;

– Aproveite os acessórios – luvas, gorros, cachecóis, cintos – para introduzir alguma cor e variedade nos seus looks, uma vez que são objetos mais pequenos e que não ocupam muito espaço.

Quando finalmente começar a fazer a mala lembre-se que os objetos mais pesados devem ir no fundo; As malhas podem ser enroladas para ocuparem menos espaço; Pode colocar os acessórios dentro dos sapatos; Utilize todos os espaços livres da mala. Tente ainda escolher o casaco mais pesado e as botas mais volumosas para utilizar no momento da viagem.

As primeiras férias na neve

bur2

Costuma esperar pelo verão para desfrutar das suas férias, mas este ano decidiu aventurar-se e viajar rumo a um destino mais frio para uns dias longe da rotina? Então, espreite estas dicas para evitar alguns imprevistos.

A roupa quente é indispensável! Na sua mala é obrigatório levar gorro, luvas, cachecol, calças e casaco impermeável, camisolas quentes e botas adequadas à neve. No entanto, não se esqueça que é comum os hotéis e restaurantes manterem temperaturas quentes no interior, por isso utilize diversas camadas de roupa para que possa adequar o seu vestuário às diferentes temperaturas que irá encontrar.

Apesar de poder parecer um contra senso os óculos de sol e o protetor solar, bem como o batom e o creme hidratante também são imprescindíveis na sua lista, uma vez que o sol e o frio que irá encontrar são extremamente desgastantes e agressivos para a sua pele.
Se esta é uma viagem em família e vai levar os seus filhos, lembre-se que a roupa pesada e as quedas recorrentes são cansativas para as crianças e limitam o seu sucesso nas atividades, especialmente se ainda não tiverem 10 anos. Assim, quando escolher a estância de ski certifique-se de que existe um centro de atividades para crianças, de forma a poder conciliar o tempo familiar com momentos destinados a atividades próprias para cada idade. Aqui os seus filhos, para além de aprenderem a esquiar em locais seguros e fáceis, divertem-se com outras atividades.

Se nunca foi à neve, considere contratar um instrutor ou inscrever-se numa aula para principiantes, vai ver que esta ajuda será fundamental para ultrapassar os primeiros obstáculos e dificuldades. No entanto, o mais importante é ir com o espírito livre e encarar as quedas iniciais como parte da diversão.

Não se esqueça de beber água frequentemente. Alongar e aquecer os músculos antes de começar o exercício também é essencial para que consiga prosseguir com a atividade ao fim de um dia de exercício e algumas quedas.

Finalmente, desfrute de alguns momentos longe das pistas. Usufrua da gastronomia, do conforto do hotel e não volte para casa sem a magnífica experiência que é estar numa piscina aquecida rodeado pela majestosa paisagem das montanhas cobertas pela neve.

Uma viagem a dois

Se quer aproveitar o dia dos namorados para ter algum tempo de qualidade com a sua cara-metade mas faltam-lhe ideias, então estas dicas são para si.

Nesta data especial aproveite para sair da confusão da cidade e partir rumo a uma paisagem bem mais acolhedora e simpática. Lembre-se que pode encontrar estes refúgios perto de casa. Para tornar este momento ainda mais único, na altura de fazer a mala prepare alguns pormenores para adoçar a viagem.

Desfrute de uma bela caminhada, seguida de um agradável piquenique. Terá a oportunidade de passear pela natureza, respirar o ar puro, conversar, e usufruir da companhia um do outro. Para esta pequena aventura, não se pode esquecer de:

bur3

– Pesquisar algum caminho apropriado para o passeio, que não fique muito longe, para que no dia não perca mais tempo. De preferência, veja um local onde no fim posso descansar e fazer o piquenique.

– Levar roupa confortável e quente, ténis e um casaco impermeável.

– Uma toalha suficientemente grande para o lanche e para se sentar, e mantas – se estiver mais frio vai agradecer ter-se lembrado deste pormenor.

– O famoso cesto com o lanche. Aposte em coisas práticas e possíveis de comer com as mãos – mini sandes de vários sabores, fruta, uma tábua de queijos, tostas, e um bom vinho.

– Um leitor de mp3 e colunas pode também ajudar a criar um ambiente ainda mais relaxante e acolhedor. Faça uma playlist com este momento em mente, escolha músicas calmas e que ambos gostem.

-Finalmente, não se esqueça da máquina fotográfica, irá gostar de recordar este momento.

Tente escolher um espaço onde vão ficar alojados com lareira, para que no final do dia possa degustar uma sobremesa aquecidos pelo fogo. Propomos um fondue de chocolate, com frutas variadas, perfeito para partilhar e terminar um dia tão especial.

Desfrute da Passagem de Ano com organização e tranquilidade!

Se antigamente, as famílias reuniam-se na mesma casa, quer na consoada, quer no dia de Natal, quer na Passagem de Ano, quer no 1º dia do ano, hoje em dia já não é bem assim. Muitas vezes é preciso, durante este curto espaço de tempo, estar presente em 3 ou até mesmo 4 locais diferentes. Assim, esta época é também uma altura de organização e de viagens. Siga estas dicas se não quer ficar – ou deixar algum elemento da sua família – “Sozinho em Casa”, desta vez na Passagem de Ano, como no filme que se tornou um marco desta altura:

– Comece por planear o trajeto, ou seja onde vai jantar, onde vai passar a meia-noite e onde irá no dia seguinte. Vai ser impossível agradar todos, mentalize-se disso;

– Averigúe quem vai estar presente em cada local para não deixar ninguém sem presente, se não entregou no Natal, ainda vai a tempo, a Passagem de Ano também é  uma boa altura para presentear quem mais ama.

– É simpático levar uma entrada, sobremesa, vinho, champanhe,… Pergunte o que pode fazer falta em cada uma das casas, mas tente não dispersar esforços e fazer um prato ou doce semelhante para cada paragem. Inteire-se também se vão comprar tudo e dividir por todos ou como estão a planear fazer.

– Se sabe que em alguma das casas não haverá mais crianças para os seus filhos brincarem, deixe-os levar um brinquedo para que não acabem por ficar chateados por não terem o que fazer. Leve também uma muda de roupa, o ursinho de peluche favorito deles e tudo o que achar necessário para o caso de terem sono, acontecer algum imprevisto,…

– Se, por outro lado, sabe que os seus filhos nunca querem ir embora, crie um jogo que os faça colaborar e cumprir com os horários mais facilmente. Utilize pequenas recompensas para cada objetivo.

– Separe em sacos grandes os presentes, comidas e bebidas que são para cada paragem (ex. jantar em casa dos sogros, meia-noite em casa da mãe, almoço em casa do pai, tarde em casa dos avós) para ter tudo organizado e ser mais fácil, em vez de andar à procura na mala do carro do que tem que levar para onde.

– Contudo, mesmo quando os planos são feitos cuidadosamente podem sempre surgir alguns contratempos ou imprevistos. Por isso, o mais importante é entrar no espírito festivo e desfrutar dos momentos passados em família, com flexibilidade.

Siga estas dicas para a Passagem de Ano, que já está quase a chegar, e tenha-as em mente também para o próximo Natal, ou para qualquer outra ocasião festiva que englobe várias pessoas. Desfrute ao máximo de cada momento e… Feliz Ano Novo!

bur4