Monthly Archives: Agosto 2013

A mala de… Rui Unas!

Rui Unas é humorista, ator, apresentador de TV, locutor,… Ou seja, é um comunicador por excelência. E dos bons! Numa escala proporcionalmente inversa, claro, ao número de malas de viagem que diz ter – apenas 3 (!!!). Quando questionado, conseguiu a muito custo contar pelos dedos das mãos o número de países que conhece. Quinze. 3 mãos cheias. Um deles, o Brasil, onde tirou a fotografia que escolheu para ilustrar esta entrevista. Foi  em São Paulo onde estava a decorrer a campanha “Vem Sean Penn”. E onde quase ficou sem mala. Mas isso é outra história. Vamos espreitar a mala de Rui Unas?

Rui Unas_Samsonite

Samsonite – Quantas malas de viagem têm? 
Rui Unas – Tenho 3. Uma grande, uma média e uma pequena.

Samsonite – É vaidoso e leva a casa às costas, ou leva o mínimo indispensável?
R. U. – Levo o mínimo dispensável. Normalmente acabo por me esquecer de algo que mais tarde se revela indispensável.

Samsonite – Tem alguma história engraçada com uma das suas 3 malas?…
R. U. – Num voo Lisboa/São Paulo não apareceu a minha mala…. Esperei, esperei, preenchi a papelada toda no aeroporto para reclamar a mala – o processo chato e moroso, como é de costume. Aguardei no Hotel. Passou um dia e ninguém da companhia aérea no Brasil me dava resposta, nem atendiam sequer o telefone! No dia seguinte, no preciso momento em que ia ligar para a tal companhia aérea, mas em Portugal, para lhes chamar os nomes todos, tocam à campainha… Era o senhor a entregar a mala. Passou-me a raiva toda! Nada se compara à alegria de ver chegada a mala depois de tanto desespero. [Risos]

Samsonite – Quantos países conhece?
R. U. – Nunca os contei. Esperem lá… 1, 2, 3… uns 15.

Samsonite – E até agora, qual foi o local que mais gostou de conhecer?
R. U. – O Panamá. Foi lá que conheci a minha mulher e, como ela é panamiana, é um país que conheço melhor, numa perspetiva não turística.

Samsonite – Que tipo de viagem prefere?
R. U. – Confesso que viagens, para mim, são sinónimo de férias com praia e descanso.

Samsonite – E cá dentro ou lá fora?
R. U. – Em Portugal tenho que ser mais seletivo se quero passar despercebido. O facto de aparecer na televisão há uns anos não me torna anónimo e por isso evito estar com a família em locais muito frequentados. No entanto, há propostas e locais tão bons em Portugal, que prefiro sempre passar cá do que no estrangeiro.

Samsonite – Já viajou sozinho?
R. U. – Sim.  Umas férias de um mês em Cabo Verde com 21 anos, foi a primeira vez  que o fiz.

Samsonite – E quanto à fotografia que nos enviou?…
R. U. – Estou em plena Avenida Paulista, em São Paulo. Estive lá a promover o filme “Os Colegas” do qual fiz parte do elenco e estava a decorrer a campanha “Vem Sean Penn”. Um dos protagonistas, portador de síndrome de Down, tinha o sonho de ter o ator norte americano ao seu lado na estreia. O Sean Penn não assistiu ao filme, mas uns meses mais tarde o ator brasileiro foi à mansão de Sean, tocou na campainha e… Conseguiu passar uma tarde com ele!

Samsonite – Se neste momento pudesse entrar num avião rumo a um qualquer destino, qual seria a sua escolha?
R. U. – Neste momento, com este calor de Agosto iria para um sítio mais fresquinho. Patagónia, na Argentina, parece-me bem.

Samsonite – Se pudesse espreitar uma mala, de quem seria?…
R. U. – Lamento, mas não tenho curiosidade nenhuma em ver a mala de outras pessoas… Vá, talvez a do Snoop Dogg que esteve no Festival Sudoeste. Se calhar ainda vou a tempo de o fazer…

Obrigado Rui!